Os animais mais fofinhos e perigosos do mundo

Alguns animais podem ter aparência mais adorável e doce do mundo, mas isso não tem nada a ver com a maneira como eles se comportam. Agindo por instinto, eles fazem o que for preciso para ser livres, procriar, proteger seus filhotes e territórios e ter sempre algo para comer. Veja abaixo alguns exemplos de animais mortais que, por acaso, são também fofos, bonitos e graciosos.

10. Arraia

A área dos aquários que abriga as arraias é sempre lotada. Elas parecem criaturas gentis e adoráveis, mas podem ser muito perigosas – para comprovar isso, basta lembrar-se da morte de Steve Irwin, o caçador de crocodilos, que foi vítima do animal. O fato é que um passo em falso pode fazer a arraia atacar com seu ferrão, que libera toxinas e causa uma dor excruciante, sem contar que, dependendo do local onde a vítima é atingida, a própria penetração já pode ser fatal.

9. Cisne

Cisnes são criaturas lindas e graciosas. Além de gentis na natureza, também são excelentes pais e fazem de tudo para proteger seus filhotes. É justamente aqui que mora o problema. Muitos pássaros têm o instinto de proteger suas crias de predadores, mas eles eventualmente desistem ao perceber que o adversário é mais forte. Os cisnes, no entanto, nunca desistem. Eles são muito agressivos quando provocados e continuam brigando até morrer ou até a luta acabar. Na água, o perigo também é muito grande. Os cisnes são conhecidos por voar em cima das vítimas, empurrando-as para baixo d’água até que elas se afoguem. 

8. Tâmia da Sibéria

Este é um animal fofo que parece um bicho de pelúcia. Aparentemente, a maior agressão que você pode sofrer de uma tâmia é ela roubar seu sanduíche durante um piquenique, mas ela pode ser bem perigosa na hora de passar doenças, como Doença de Lyme e Raiva, aos humanos que a alimentam. As duas são tratáveis, mas, se não forem detectadas a tempo, podem causar danos neurológicos e cardíacos, seguidos por coma e morte em casos extremos.

7. Elefante

Elefantes são pacíficos, gentis, amorosos e até choram quando um companheiro ou um filho morrem, mas nenhum animal é perfeito, e há vezes em que eles podem ser extremamente perigosos. Todos os animais ficam irritados de vez em quando, mas, em função de seu tamanho, se isso acontecer a um elefante, pode ser mortal para quem quer que esteja em seu caminho. Vários adestradores de zoológicos já morreram por causa deles. Estudos mostram que altos níveis de testosterona em machos durante o período de acasalamento podem levar a ataques agressivos e incontroláveis sem nenhuma razão aparente.

6. Hipopótamo

O amável hipopótamo é uma figura bastante presente em filmes, histórias e desenhos infantis, mas suas características fofinhas escondem um jeito de ser bem rabugento. Esses animais são capazes de matar para defender seu território, e, apesar de pesar mais de três toneladas, conseguem perseguir suas vítimas a mais de 30km/h. Portanto, o hipopótamo não é o tipo de animal que você deve irritar. Eles são herbívoros, mas não hesitam em mastigar alguém se provocados.

5. Golfinhos

Golfinhos são inteligentes, comunicam-se entre si, têm a capacidade de aprender, realizar truques, pregar peças e quase conseguem usar suas barbatanas como mãos. Eles, no entanto, também são conhecidos por seu insaciável desejo sexual e são profundamente respeitados pelas outras criaturas do oceano. Já ficou comprovado (inclusive no programa Caçadores de Mitos) que até o grande tubarão branco sente-se intimidado pelo golfinho. Mas por quê? Porque esses animais podem ser muito violentos. Eles são capazes de matar seus próprios filhos, e também podem tirar a vida de botos, por exemplo, para ficar brincando com suas carcaças simplesmente por diversão. Os machos, particularmente, ficam bastante agressivos com humanos do sexo masculino quando há uma fêmea envolvida. Por quê? Competição sexual. 

4. Chimpanzé

Há muito tempo, o chimpanzé é visto como o ancestral do homem. Eles são os únicos mamíferos na Terra com óbvias similaridades conosco, como mãos (com polegares opositores), função cerebral e expressões faciais. Não é surpreendente, portanto, que eles também se assemelhem a nós no que diz respeito à violência. Chimpanzés são conhecidos por travar brigas sangrentas entre eles por causa de território ou outras diferenças, e vários ditos “adestrados” já se voltaram contra seus donos ou amigos, causando sérios danos. E uma diferença entre esses macacos e o homem é a força, que, neles, é cinco vezes maior; ou seja, em caso de ataque, há pouca esperança para nós.

3. Ornitorrinco

O ornitorrinco é um dos mamíferos mais estranhos da Terra, com um corpo felpudo, rabo de castor, pés de lontra, bico de pato e olhinhos que dizem “eu jamais machucaria alguém”, mas há um atributo preocupante nesse animal: eles têm um par de esporas de 15mm localizadas na parte interna de suas pernas. Dentro dessas esporas, há uma toxina que, ao atingir um inimigo, pode até matar se a vítima for pequena. Em seres humanos, embora não seja fatal, causa dores fortíssimas que podem durar semanas e até meses.

2. Urso polar

O urso polar, assim como o hipopótamo, também é um animal recorrente em desenhos, filmes e anúncios de TV, nos quais interpreta criaturas fofas e gentis. Dormindo em um iceberg, ele pode até ser fofo mesmo, mas a história muda de figura quando ele ataca um explorador do ártico. O urso polar é o maior carnívoro da América do Norte, pesando mais de 600kg e com mais de três metros de altura. Esses animais atacam de 20 a 90 pessoas por ano e não têm um inimigo natural.

1. Lêmure

O Slow Loris, um tipo de lêmure em miniatura da Austrália, é um dos mamíferos mais fofinhos, doces e envergonhados do planeta. Com tamanho reduzido e olhos esbugalhados, eles são o tipo de animal que as pessoas têm vontade de levar pra casa e cuidar. No entanto, o slow loris também é extremamente venenoso e mortal. Ele produz uma toxina que, se ingerida, provoca fortes dores estomacais. Ela é usada a fim de proteger sua cria, que é lambuzada com o veneno para não ser comida na selva. Se provocado, o lêmure pode puxar a toxina para a própria boca e passar para vítima através da mordida; se a pessoa apresentar reação alérgica e não for tratada, pode morrer em algumas horas.
Compartilhe este conteúdo:

6 Comentários - Comente!:

Anônimo disse... [Responder comentário]

kkkkkkkkkkk!!!!!!
que diria,o rei julian e mais perigoso q os pinguins de madagascar.

Anônimo disse... [Responder comentário]

Eitah agente Perry, cuidado Phyneas e Pherb D='

Anônimo disse... [Responder comentário]

Dumbo safadjenhoh'

Anônimo disse... [Responder comentário]

Nossa Barbie...tem cuidado qd te transformares num cisne nunca se sabe qd se encontra o cisne perfeito XD

Anônimo disse... [Responder comentário]

kkkkkk o ornitorrinco mesmo coidado disney xd

Anônimo disse... [Responder comentário]

poden achar que o goufinho de fofinho mas quem viu o na internet que o goufinho matou um bamdo de banhistas

Postar um comentário

MAIS LINKS (passe o mouse sobre eles)

>